Recanto dos Meus Versos!
Poesia, o oxigênio de minha alma!
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
DESPEDIDA

Sem falar nada, Justina pegou a chave do carro – que estava sobre a mesa – e saiu. O marido só foi notar quando ouviu o barulho do carro arrancando.
 
Ele correu na garagem, mas já era tarde; o carro já havia ganhado a rua.
 
No quarto em desordem, sobre a cama desarrumada, o marido encontrou uma folha de sulfite com a seguinte frase:
 
“Nosso amor morreu... nosso relacionamento acabou... busco meu fim...”
Isaías Ramalho da Silva
Enviado por Isaías Ramalho da Silva em 02/07/2021
Comentários